Histórico


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
Profissão e Futuro.. EU QUERO!




Escrito por Susi e Gisele às 19h27
[] [envie esta mensagem] []



ENSINO TÉCNICO OU SUPERIOR??? O QUE ESCOLHER???

O estudo, assim como a vida profissional e pessoal, é pontuado por escolhas. E o aluno, de tempos em tempos, tem que parar para refletir. Durante essas pausas, as mais variadas dúvidas surgem, entre elas a escolha da melhor forma de especialização. De um lado, os cursos técnicos. Do outro, a faculdade. O indeciso fica dividido diante da opinião da família, dos amigos, professores, vizinhos... Não falta quem queira dar uma sugestão. O importante, nessas horas, é perguntar a um especialista, alguém que entenda de verdade do assunto. 
A diferença reside no nível de qualificação e aprofundamento teórico. E o que o aluno deve considerar antes de escolher entre curso técnico e curso superior? - questionam-se ainda os indecisos. Essa escolha não é uma necessidade, a princípio. Hoje, podemos observar uma grande demanda por profissionais de nível médio em diversos eixos tecnológicos. O fenômeno foi provocado pela conjunção entre crescimento econômico e baixo investimento em educação profissional de nível médio nos últimos 30 anos.

Resta saber, então, qual é o curso mais valorizado no mercado de trabalho atualmente. Não existe um curso que seja mais valorizado, mas podemos falar de cursos de determinado eixo tecnológico que são mais procurados. Esse é o caso dos cursos ligados aos eixos tecnológicos de infra-estrutura, de processos industriais e, mais recentemente, do eixo da hospitalidade, nos cursos ligados ao turismo.



 



Escrito por Susi e Gisele às 22h43
[] [envie esta mensagem] []



 

Existem muitas empresas especializadas em vagas para estudantes, para ter acesso as vagas é necessário realizar um cadastro e depois é só aguardar as oportunidades que virão! Algumas Universidades também possuem um banco de vagas de estágios!

Boa sorte!!!

http://www.ciee-rs.org.br

http://www.estagiar-rs.com.br

http://www.estagiofacil.com

http://www.mettaestagios.com.br

http://www.abrhrs.com.br

http://www.fundatec.com.br/

http://www.fulbra.org.br

http://www.unisinos.br/estagios/

http://www.pucrs.br/estagios/

http://www.unilasalle.edu.br/canoas

http://www.uniritter.edu.br/estagios



Escrito por Susi e Gisele às 12h29
[] [envie esta mensagem] []



Tenho uma entrevista e não sei o que Vestir!

O que EU faço agora?

 

A regra de que a "primeira impressão é a que fica"é ainda mais verdadeira para quem está em busca de emprego.

Aqui vamos fazer o jogo do certo e errado, e esperamos ajudar você a decidir e acertar no visual para sua entrevista!

 

 **DICAS PARA OS HOMENS!**

 

**DICAS PARA AS MULHERES!**

 

 

**DICAS PARA AMBOS!** 

 



Escrito por Susi e Gisele às 21h17
[] [envie esta mensagem] []



Dicas para se dar bem na Entrevista de Emprego!

- Chegue sempre no horário, se possível chegue uns 15 minutos antes;

- A roupa é fundamental, não exagere em cores ou estampas. Meninas cuidado com decotes e saias curtas, nada de brilho, cuide para usar pouca maquiagem. Uma boa sugestão seria o traje social esporte, lembrando sempre de qual é a vaga a qual você está concorrendo poderá ser necessário o uso de uma roupa social, como terno e gravata para homens e ternos femininos.

 - Demosntre quais são as suas qualidades e justificar os motivos pelos quais a empresa deveria contratá-lo. Por isso, faça um planejamento antes de ir à entrevista. Raciocine sobre os objetivos da entrevista, saiba que terá de responder questões como "quem é você?", "o que já fez?", "o que seu último empregador acha de você?", "quais os resultados que você conseguiu para a empresa?" e "o que você pode fazer pela nova empresa?". 

- Obtenha o máximo de informações sobre a nova empresa.

- Jamais demonstre ansiedade durante a entrevista. Se você foi chamado é porque já passou pela primeira fase: a análise do currículo. Então não tenha medo.

 - Seja natural e espontâneo. Caso não entenda uma pergunta, não tenha vergonha de questionar, dizer que não entendeu a questão e pedir para o entrevistado repetir.

- Dê o seu melhor e esqueça dos outros candidatos.

- Leve um currículo impresso.

 - Irradie entusiasmo.

 - Olhe nos olhos. Olhe para a pessoa com quem está falando. Hoje em dia, é bastante comum que mais de uma pessoa o entreviste ao mesmo tempo.

 - Não fale mal da empresa anterior, dos seus ex-colegas e, claro, do seu ex-chefe.

 - Não fique mexendo em objetos, estalando muito os dedos ou olhando no relógio toda hora. Isso demonstra ansiedade.

 - Deixe o celular desligado.

 - Durante a entrevista, fique atento para não deixar nenhuma pergunta sem ser respondida. Também não é aconselhável arrumar desculpas para as falhas que você cometeu ao longo da sua carreira profissional.

- Não mude de assunto de repente.

- Não fume, não masque chicletes e nem use óculos escuros.

- Faça as suas perguntas.

 - Se tiver dúvidas sobre o cargo, sobre a empresa, não tenha vergonha, pode perguntar!

 - Pergunte se há previsão para fechar a vaga.

 - Confie em você. E se a resposta não for positiva, não se sinta um perdedor. Foi apenas um processo que não deu certo, mas que serviu como treino para as próximas vezes.

Uma boa dica é ler 'Como mover o Monte Fuji?' de Wiliam Poundstone. O autor é colaborador das revistas Esquire, The Economist e The New York Times Book Review, foi indicado duas vezes ao Premio Pulitzer e nesse livro aborda as entrevistas-desafio utilizadas pelas maiores empresas do mundo na hora da contratação.

Você pode ser um ótimo profissional, mas lembre-se do ditado:

 "Você raramente tem uma segunda chance para criar uma boa aparência". Então capriche no visual.

E você já sabe o que vestir?

Então aguarde... dicas no próximo post!!!!



Escrito por susi-gisele às 20h32
[] [envie esta mensagem] []



Preciso montar meu curriculo.. Começo por onde?

Como fazer meu currículo? Esta é uma dúvida comum, e oferecer um bom modelo de curriculum vitae que possa ser preenchido pelo candidato a um emprego ou estágio costuma ser uma boa resposta.

Mas muitas pessoas em busca de uma vaga ou de uma oportunidade para entrevista caem em uma armadilha comum: buscam sempre os mesmos modelos de currículo e assim parecem apenas “mais um na multidão” desde a primeira vez em que o recrutador tem contato com suas informações.

E agora.. você quer ser "mais um na multidão"?

Então vamos montar o melhor curriculo para FAZER A DIFERENÇA!

 

Click no Link e veja um modelo de curriculo que serve tanto para aqueles que possuem muita experiência e também para os que estão iniciando sua vida profissional!

http://img.efetividade.net/img/modelo-curriculo1.doc

 

10 Dicas para ajudar VOCÊ a montar seu curriculo!

1 – Nada de pressa. Prepare-se para dedicar algum tempo à tarefa de criar o seu currículo – ele não vai ficar pronto em 10 minutos, e certamente será um tempo bem empregado.

2 – Faça um diagnóstico. Procure se informar (no site da empresa, na imprensa ou de outra forma) sobre o que fazem as empresas para as quais você vai entregar o currículo, e que tipo de profissionais elas procuram. Escreva os currículos dando destaque às características que você tem e que se adequem ao perfil que a empresa deseja.

3 – Seja original. Para se inspirar, não há problema em ver modelos de currículos divulgados na imprensa ou em sites especializados, mas não os copie. Lembre-se que o seu avaliador provavelmente vai receber vários outros iguais a aquele modelo, e tudo o que você NÃO quer é ser apenas “mais um”.

4 – Seja localizável. As informações de contato são essenciais. Elas devem vir no alto, em destaque, na primeira folha. Não procure ser mais extensivo do que o necessário: para a minha análise, basta ter o nome completo, telefone fixo, telefone celular e e-mail (todos devem estar atualizados e corretos). Informar múltiplos telefones fixos ou múltiplos e-mails deve ser evitado, a não ser que você tenha uma boa justificativa .

5 – Tenha um foco. Se você está procurando ao mesmo tempo uma colocação como professor de violão clássico e como programador web, faça um currículo separado para cada uma das vagas. Mas não tenha medo de mencionar (mas aí como nota adicional, sem destaque) no currículo para uma vaga técnica as suas aptidões artísticas ou humanas, ou vice-versa – as empresas não contratam robôs, e muitas vezes têm interesse em saber desde cedo como é a pessoa (e não apenas o profissional) que está contratando. O mesmo vale para atividades extra-curriculares, trabalhos voluntários e outros “extras”.

6 – Seja claro, direto e verdadeiro. Um ponto essencial é incluir a informação correta e completa, de forma direta e concisa. Tentar mascarar informações que a empresa vá descobrir depois é um risco desnecessário, e pode levar a uma posterior avaliação negativa simplesmente pelo fato de você ter tentado.

7 – Escreva de maneira informal, mas corretamente. Leia e releia, remova os erros de ortografia e gramática.  A última coisa que você quer é que o seu telefone de contato esteja errado. A penúltima coisa que você quer é que a presença de erros de digitação levem o seu avaliador a acreditar que você não é zeloso, ou que escreve mal.

8 – Seja seletivo. É provável que seu avaliador queira saber se você fez cursos de informática ou de formação profissional em alguma área, mas o número de vagas para as quais é relevante a informação de que você fez curso de piano quando tinha 12 anos é bastante limitado. Incluir este tipo de detalhe no currículo é praticamente uma confissão de que o candidato não tem nada de mais relevante para informar, ou que não tem discernimento do que é importante.

9 – Inclua o essencial. Em um bom currículo, não podem faltar as informações de contato atualizadas, uma caracterização sobre você (nome completo, data de nascimento, cidade onde mora, estado civil, se tem filhos) dados sobre as experiências profissionais recentes (empregos, estágios – incluindo período e atividade desempenhada em cada um deles, no mínimo), a formação acadêmica (com detalhes apenas sobre as mais relevantes), e outras atividades e fatos que possam ajudar a definir você como profissional: participação em cursos e eventos, atividades como instrutor, atividades comunitárias, domínio de idiomas, aptidões adicionais (exemplo: dirigir, ter carro próprio…) e outros itens, desde que sejam relevantes para a vaga pretendida!

10 – Capriche no visual. Claro que a parte mais importante do seu currículo é o conteúdo, mas você definitivamente não deseja causar má impressão. Imprima com capricho. Se você tiver que corrigir alguma coisa, simplesmente edite e imprima de novo, nada de alterar escrevendo com esferográfica sobre o seu original desatualizado. Lembre-se que se você caprichar, o seu currículo pode ser o primeiro contato que a empresa terá com você. Mas se você não caprichar, é provável que ele seja o último.

E lembre-se sempre: nada de excessos. A sabedoria está no equilíbrio!

 

Veja uma entrevista com o Especialista Max Gehringer sobre um Curriculo CAMPEÃO! 

 

Então, existe alguma dúvida sobre o assunto?

Se nossas dicas foram úteis a você, nos envie um comentário contando sobre sua experiência!

Beijos e até a próxima!!



Escrito por susi-gisele às 13h00
[] [envie esta mensagem] []



Disciplina: Informática e Multimeios na Educação

Grupo: Gisele Dias e Susi Ghisleni

Quero planejar meu futuro...E agora?

 


Neste Blog você poderá dar um passo na sua vida profissional, além de encontrar assuntos que serão direcionados a sua opção de graduação, você poderá conhecer um pouco mais sobre mercado de trabalho, como também baixar diversos vídeos disponíveis na internet, em várias áreas, como orientação profissional, dicas de: entrevistas, dinâmicas de grupo, como elaborar currículo, etc.



Escrito por susi-gisele às 12h55
[] [envie esta mensagem] []



 


Confira aqui a profissão que você escolheu.

 

Vamos apresentar um panorama de algumas profissões e das novas carreiras para ajudá-lo a dar início a sua vida profissional.

 

 

 

     Quero ser Biólogo (a)!


O Curso de Ciências Biológicas tem a sua ênfase no estudo do Meio Ambiente, capacitando o aluno para a atuação em projetos de licenciamento ambiental.

Titulação: Licenciado ou Bacharel em Ciências Biológicas.


Áreas de Atuação: Pesquisa, prestação de serviços (consultorias, planejamento, avaliação e gerenciamento ambientais);

Elaboração e análise de projetos (nas diversas áreas do conhecimento biológico, desde comprovada a capacitação técnica);

Educação ambiental;

Docência nos Ensinos Fundamental e Médio;

Estudo e relatório de impacto ambiental;

Elaboração de projetos para preservação da biodiversidade e

Educação ambiental.


Duração: 08 semestres (4 anos)

 


 

 

 

 

Quero ser Fisíco!


É a ciência que estuda a relação entre a matéria e a energia.

O físico tem como objetivo pesquisar os fenômenos naturais e da aplicação das leis da Física na solução de problemas de ordem prática. Realiza experiências e análises sobre fenômenos físicos em diversas áreas desenvolve materiais para indústria eletrônica e instrumentos de precisão.

Titulação: Licenciado em Física

Áreas de Atuação: Pesquisa;

Prestação de serviços;

Elaboração e análise de projetos e

Docência no Ensino Fundamental e Médio.

Duração: 07 semestres ( 3 anos e meio)




 

Quero ser matemático!


O Matemático estuda as aplicações práticas dos princípios e das técnicas matemáticas, e testa hipóteses e teorias básicas.

Os conhecimentos básicos são utilizados na pesquisa, desenvolvimento, produção e logística nos mais diversos campos como : processamento de dados, engenharia civil e ciência espacial entre outros.


Titulação: Licenciado em Matemática


Áreas de Atuação: Magistério de Ensino Fundamental e Médio;

Empresas especializadas em soluções de gestão e logística;

Trabalhos ou projetos que necessitem confecção e interpretação gráfica;

Confecção e/ou leitura de tabelas além de reconhecimento e equacionamento de variáveis de determinado  fenômeno.


Duração: 07 semestres (3 anos e meio)

 


 

 

Quero ser Psicólogo (a)!

 

É a ciência que estuda o comportamento humano e os fenômenos psíquicos. O Psicólogo faz observações, análises e interpretações que auxiliam no diagnóstico do tratamento de distúrbios emocionais e de personalidades. Também auxilia no treinamento e seleção de pessoal.

Titulação: Psicólogo


Áreas de Atuação: Os novos profissionais poderão atuar em hospitais, escolas, secretarias municipais e estaduais de educação, clínicas e empresas;

Prestar consultoria nas áreas de recursos humanos, em equipes multiprofissionais, postos de saúde e na área forens;

O contexto social e político vigente levam diversos profissionais que atuam em saúde pública e medicina preventiva a empreender uma luta pelos direitos de cidadania e de saúde;

Outro campo de inserção dos psicólogos está no desenvolvimento de pesquisas relacionadas ao comportamento humano nas mais diferentes áreas.


Duração: 10 semestres (5 anos)



 

Quero ser Psicopedagogo (a)!

 

O Curso de Psicopedagogia Clínica e Institucional atua em vários movimentos de responsabilidade social, os alunos têm a possibilidade de aprimorar seus conhecimentos com a continuidade de seus estudos na pós-graduação.

Titulação: Psicopedagogo Clínica e Institucional

Áreas de Atuação: Âmbito clínico em situação de análise;

Avaliação, prevenção e intervenção em processos de aprendizagem atuando em hospitais, clínicas, ambulatórios, postos de saúde;

Âmbito Institucional no assessoramento a escolas empresas e outros espaços de recursos humanos, quer na esfera pública ou particular.


Duração: 08 semestres (4 anos)



 

Quero ser Químico!

 

Ciência que estuda a natureza da matéria e as transformações na sua composição. O Químico usa conhecimentos da química pura e aplicada na pesquisa e análise da estrutura das substâncias. Através do estudo da composição, propriedades e reações é possível fazer o controle de qualidade dos produtos e processos de produção.


Titulação: Licenciado ou Bacharel em Química.


Áreas de Atuação: Laboratório químico na execução/acompanhamento de análises;

Preparo e manipulação de produtos químicos;

Desenvolvimento de tecnologia nos processos produtivos;

Tratamento de matérias-primas e resíduos/efluentes, em indústrias, órgãos públicos e institutos de pesquisa;

Docência no ensino Fundamental e Médio.


Duração: 07 semestres (3 anos e meio)

 



 



Escrito por susi-gisele às 20h34
[] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]